Conheça a AABIC

Histórico da AABIC

Através do aperfeiçoamento constante, com novas tecnologias, geração de empregos e bom desempenho nos nossos trabalhos, o segmento continuara crecendo com sustentabilidade.



São Paulo, 18 de agosto de 1978, 17h. Empresários do setor imobiliário se reúnem no nono andar do número 807 da Avenida Paulista. Objetivo: fundar uma entidade que representasse os administradores de imóveis e condomínios perante o poder público e a população. Até então, as empresas do ramo eram vistas como um fator de encarecimento das taxas condominiais e de dificuldades para os síndicos. A concorrência predatória e o total desconhecimento do mercado configuravam-se como bloqueios às atividades do setor.

A situação era delicada e alguma coisa precisava ser feita. Dessa preocupação nasceu, então, a Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo, que alguns anos depois ficaria mais conhecida por sua sigla: Aabic.

No princípio, apenas nove empresas integravam a entidade. Um ano mais tarde, o número de associados já havia triplicado. Todas as empresas que solicitaram seu ingresso até 18 de agosto de 1979 foram incluídas na relação de sócios fundadores.

Mensagem do Presidente

Como não poderia ser diferente, a cada dia a administração condominial imobiliária (condomínios e aluguéis) é mais valorizada e as responsabilidades e desafios da gestão crescem com velocidade. A expectativa para a excelência de um serviço vai além da eficiência e transparência.

A Aabic (Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo), entidade que congrega as maiores empresas do setor, que juntas, são responsáveis por mais de 50% dos condomínios da grande São Paulo, o que significa cerca de 10 milhões de pessoas, chega aos 40 anos de fundação, consolidando, cada vez mais, sua posição, e pretende fomentar os avanços e debates das tendências do mercado global.

Buscamos assegurar aatuação expressiva da Aabic na representatividade do setor, na orientação técnica e jurídica, na formação de profissionais do mercado e na valorização das empresas associadas.
Devemos estar antenados ao perfil do novo cliente/consumidor, as mudanças de comportamento e aos avanços tecnológicos.

Pretendemos expandir nossa atuação, inclusive no interior do Estado, modernizar nossas ferramentas de formação, ampliar parcerias institucionais e buscar novos serviços para os associados.

Desejamos dar ainda mais dinamismo à Associação para acompanhar o cenário de mudanças e trazer auxílio prático para as empresas.

É preciso quebrar paradigmas e reavaliar as velhas receitas, diante das mudanças de consumo. A administração de imóveis e condomínios é realmente algo bastante complexo e nossa missão é também esclarecer a população, ser fonte de credibilidade para as discussões sobre o tema e posicionar as empresas.

Fidelizar nossos clientes e valorizar nosso mercado será o compromisso dessa gestão.

José Roberto Graiche Junior
Presidente