Releases - Imprensa

Proad certifica administradoras de condomínios de São Paulo

Publicado em: 06/12/2016

Vinte e cinco por cento dos condomínios da capital paulista são administrados por empresas certificadas pelo programa

A administração de condomínios exige conhecimentos legais e técnicos, além de gestão de processos, controles e transparência, entre outros aspectos primordiais nesta atividade. Para identificar as empresas que trabalham de acordo com essas premissas, a AABIC e o Secovi-SP criaram o Programa de Autorregulamentação da Administração de Condomínios (Proad), um processo de certificação que qualifica as administradoras de condomínio que cumprem os requisitos necessários para a realização de um trabalho de excelência. 
 
Até o momento, já receberam o selo 24 empresas especializadas em administração de condomínios, responsáveis por aproximadamente seis mil condomínios, ou seja, 25% da totalidade dos empreendimentos da capital paulista.
 
 As administradoras certificadas foram analisadas em diversos aspectos pela Bureau Veritas Brasil, líder mundial no setor de auditorias de avaliação de conformidade e certificação. “São avaliados mais de 180 procedimentos. O programa é muito rígido. A empresa que se inscreve sabe que passará por um critério rigoroso de avaliação”, explica Omar Anauate, diretor de Condomínio da AABIC e um dos coordenadores do Proad.
 
 Além de certificar a realização dos procedimentos internos, Marco Gubeissi, diretor de Administradoras do Secovi-SP e também coordenador do Proad, diz que o processo de auditoria permite a identificação e correção de processos e traz soluções para a gestão administrativa da própria empresa. 
 
O selo é uma oportunidade de destacar a atuação das administradoras no segmento e reconhecê-las como prestadora de serviços de qualidade.
 A Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo (OAB-SP), por meio da Câmara de Direito imobiliário, participa do Conselho do Proad, o que reforça o compromisso das entidades em criar uma certificação de reconhecimento público e notório.
 

Outros releases | Ver todos

Ações de cobrança de condomínios têm queda de 50% em 2016

17/01/2017

Com a mudança nos critérios do Novo Código de Processo Civil, as ações de cobrança de condomínios por falta de pagamento foram caindo durante todo o ano de 2016, que registou 5013 ações, contra 10.093 em 2015. Comparando o acumulado de 2... Ver mais [+]

Custos condominiais sofreram aumento de novembro

17/01/2017

IPEVECON registra variação de 9,07% A Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo (AABIC) divulgou os índices de mercado referentes ao mês de novembro. O valor dos condomínios de São Paulo ... Ver mais [+]